Exercício: análise de um soneto de Claúdio Manuel da Costa  (Exercícios) escrito em sexta 16 outubro 2009 13:47

Arcadismo, Cláudio Manuel da Costa, Neoclassicismo, Soneto

Blog de poetasdobrasil : Literatura Brasileira: Poesia, Exercício: análise de um soneto de Claúdio Manuel da Costa
"Arcádia" - Thomas Eakins (1844-1916)


Quem deixa o trato pastoril amado
Pela ingrata, civil correspondência,
Ou desconhece o rosto da violência,
Ou do retiro a paz não tem provado.

Que bem é ver nos campos transladado
No gênio do pastor, o da inocência!
E que mal é no trato, e na aparência
Ver sempre o cortesão dissimulado!

Ali respira amor sinceridade;
Aqui sempre a traição seu rosto encobre;
Um só trata a mentira, outro a verdade.

Ali não há fortuna, que soçobre;
Aqui quanto se observa, é variedade:
Oh ventura do rico! Oh bem do pobre!

(Claudio Manuel da Costa)

______________________

Exercício de estudo da poesia de Cláudio Manuel da Costa e da poética árcade.

Leia o poema abaixo, de Cláudio Manuel da Costa, e depois responda às questões que seguem.

a) Assinale os temas marcantes da poesia árcade que encontramos no soneto acima:

(....) Carpe diem (gozar o dia)
(....) Fugere urbem (fugir da cidade)
(....) Aurea mediocritas (mediocridade dourada)
(....) Spleen
(....) O mito da
Arcádia (idílio pastoril)
(....) O
tédio e a melancolia
(....) O êxodo rural

 b) Há uma figura de linguagem fundamental na organização do poema de Cláudio Manuel da Costa. Assinale-a com um X:

 (....) metáfora  - (....) paradoxo - (....) ironia
(....) antítese - (....) hipérbole 

c) Qual dos temas assinalados é o central, ou seja, o principal do texto? Ainda: demonstre como o tema central do soneto é desenvolvido com base na figura de linguagem apontada.

Compartilhar

Faça um comentário!

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.
Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (54.90.243.204) para se identificar     


1 comentário(s)

  • Um mero observador

    Ter 23 Out 2012 21:38

    MMMMMMMEEEEEEEEEEEEERRRRRRRRRDDDDDDDDDDDDAAAAAAAA


Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para poetasdobrasil

Precisa estar conectado para adicionar poetasdobrasil para os seus amigos

 
Criar um blog